>

20/04/2015

Fillers E A Sensação De Tempo Perdido.

Falando de forma generalizada e simplória, os episódios fillers dos animes e também dos mangás, não são bem vistos e tampouco bem acolhidos pelos seus apreciadores, mas por qual motivo isso ocorre?


Bem sabemos, que os fillers são na maioria das vezes feitos para preencherem o espaço existente entre arcos/ temporadas/sagas de um anime ou mangá. Dada a sua natureza habitualmente descartável para o andamento da narrativa, os referidos fillers são vistos como episódios inúteis ou como um mero desperdício de tempo.





Algumas características exibidas nos fillers contribuem ainda mais para reforçar a famosa sensação de tempo perdido. Dentre essas características podemos destacar: Descaracterização geralmente drástica dos traços comportamentais dos personagens, freio no desenvolvimento das habilidades/ poderes de um ou mais personagens,  abordagem de um ou mais gêneros que não são prioridades nos arcos principais do anime/ mangá e por fim, situações que transmitem a sensação de que a história está emperrada.

Diante das características acima propostas podemos afirmar categoricamente que todos os fillers causam uma sensação de tempo desperdiçado?









A resposta mais indicada, seria.... Depende da forma como o filler é feito, pois ele assim como os clichês é uma ferramenta de roteiro, logo  o seu uso pode ser feito de forma criativa e agradável ou completamente previsível e até mesmo tediosa.

Um filler não precisa unicamente se resumir a demonstrar os personagens vivendo situações demasiadamente calmas, cômicas ou em batalhas que não contribuem em nada para o contexto da obra como um todo. Os fillers também podem ser usados para aprofundarmos os nossos conhecimentos sobre personagens relevantes e que não são focados nos arcos principais da obra ou para vermos o ponto de vista de outra pessoa, sobre as transformações pequeninas ou grandiosas que o protagonista realizou em sua jornada, e até mesmo podem expandir o universo da obra, abrindo um leque de novas possibilidades narrativas.

Concluindo a nossa reflexão semanal, eu digo que adaptações entre diferentes mídias, no caso animes e mangás mais especificamente, não estão fadadas a serem ruins ou sinônimos de tempo perdido, tudo depende da proposta do filler e de que forma ele é desenvolvido.



E na opinião de vocês? Existe algum filler que não seja mero tempo desperdiçado? Respondam nos comentários!





Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use com respeito! Comentário morfético é comentário apagado!